FLAGRANTES DELITOS

Parábola das contradições

Na Universidade Walter Sisulu, na África do Sul, um coral formado por jovens adolescentes de uma escola apresentou-se usando o inkciyo, pequeno avental tradicional da etnia xhosa que deixa o torso desnudo e, quando agitado em meio às danças tradicionais, permite ver a genitália. O professor defende-se evocando os valores do identitarismo, enquanto a ministra se revela presa aos preconceitos do eurocentrismo, pois foram os malvados colonizadores que convenceram os negros e as negras a vestirem-se, para assim lhes poderem vender os têxteis fabricados nas metrópoles imperialistas. Temos assim uma luta do identitarismo contra o puritanismo eurocêntrico. Mas então, como ficamos perante o olhar lúbrico dos pedófilos? A vida é complicada, e a vida politicamente correcta é mais complicada ainda. Passa Palavra

CARTOONS - PP.TV

O ANZOL (69)

BRASIL

Incêndios e criminalização: ofensiva contra a luta por habitação

Depois de 8 anos de política de “pacificação policial” a Ocupação Chiquinha Gonzaga hoje é criminalizada por suspeita de narcotráfico em seu espaço. Por...

MUNDO

Um olhar sobre a onda de greves no setor de logística...

Num cenário defensivo das lutas da classe na Europa contra os cortes e a “austeridade”, os trabalhadores da logística da Itália conseguiram virar o jogo. Por. Angry Workers of the World

ARTES

O Processo: uma análise crítica do filme

Por que o documentário seria tão representativo para nosso momento já que possui uma estética relativamente conservadora e com uma narrativa que privilegia a perspectiva institucional do PT no “processo”? Por Bruno Vilas Boas Bispo

ACHADOS & PERDIDOS

Se o Temer cair, quem abaixa o combustível?

“O Brasil não pode ser de uma elite interessada só no próprio bolso e em seu benefício próprio. O Brasil tem que ser dos trabalhadores”.

IDEIAS & DEBATES

Olha a onda, olha a onda. Cuidado que a correnteza te leva!

Olha a onda, olha a onda. Cuidado que a correnteza te...

No seio dessa militância, a qual de forma prática abraça todas as bandeiras possíveis (e que deixa em segundo plano a luta contra o sucateamento do ensino público superior) surgem todas as espécies de anomalias possíveis e que só tem relação na vivência da realidade concreta, se estivéssemos numa realidade alternativa. Por Maurilio Vianna

MOVIMENTOS EM LUTA

14 JUN 2018 [GOIÂNIA, GO] União dos trabalhadores reverte demissão na...

Um colega de aviso prévio por “dar atestado demais” teve demissão revertida e voltou a trabalhar pela mobilização e solidariedade das pessoas do prédio. Por Dois Trabalhadores

AUTORAIS

Tour de grève: paralisações globais na Deliveroo

Durante o mês de janeiro os entregadores da Deliveroo fizeram greves em Hong Kong, Berlim, Holanda e Bélgica.

TRADUÇÕES

Portugal’s cultural revolution: 35 years on

There are many preconceived ideas, widespread and entrenched on these campaigns. Whom it lived, so it only witness what happened. By Manuela de Freitas

MAIS LIDOS

Capitalismo ou comunismo para a Rússia?

Se fingirmos que o atual regime [de 1924] na Rússia é comunista, que é de fato o tipo de vida que buscamos, aqueles que observam suas deficiências naturalmente nos informarão que nosso objetivo não passa de uma grande farsa. Por Sylvia Pankhurst