Leia via RSS! Siga o Passa Palavra no Twitter! Inscreva-se na nossa página do Facebook

Conheça o Movimento Passe Livre (MPL)

24 de junho de 2009  
Categoria: Brasil

Em sete pontos, o Movimento Passe Livre explica quem é, o que pretende e como está organizado.

1. O que é o Movimento Passe Livre (MPL)

O Movimento Passe Livre (MPL) é um movimento social autônomo, apartidário, horizontal e independente, que luta por um transporte público de verdade, gratuito para o conjunto da população e fora da iniciativa privada.

mpl-32. História do MPL

O MPL foi batizado na Plenária Nacional pelo Passe Livre, em janeiro de 2005, em Porto Alegre. Mas antes disso, há seis anos, já existia a Campanha pelo Passe Livre em Florianópolis. Fatos históricos importantes na origem e na atuação do MPL são a Revolta do Buzu (Salvador, 2003) e as Revoltas da Catraca (Florianópolis, 2004 e 2005). Em 2006 o MPL realizou seu 3º Encontro Nacional, com a participação de mais de 10 cidades brasileiras, na Escola Nacional Florestan Fernandes, do MST [Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra].

3. Formas de organização

3.1. Autonomia e independência

Acreditamos que as pessoas diretamente envolvidas na luta são responsáveis pelas escolhas e criação das regras do movimento, sem depender de organizações externas como partidos e/ou entidades estudantis e financiamentos que exijam contrapartidas.

3.2. Apartidarismo

Acreditamos em uma nova forma de se fazer política, longe dos partidos políticos. Pressionamos o governo por políticas públicas, mas defendemos na nossa prática cotidiana que existe política além do voto.

3.3. Horizontalidade

Não existe hierarquia neste movimento. Não existe uma direção centralizada onde poucos decidem por muitos. Todos têm igual poder de participação.

4. O que é o passe livre

Passe livre é a gratuidade no transporte coletivo.

mpl-25. O que é um serviço público

Serviço público é aquele que não tem exclusão, que permite o acesso de todas as pessoas. A educação e a saúde só vão ser públicas de verdade se o transporte for público de verdade.

6. Mas é mesmo possível pegar ônibus [tomar autocarros] de graça?

Não se trata de ônibus de graça, esse ônibus teria um custo, mas pago por impostos progressivos, não pela tarifa. O que a prefeitura precisa fazer é uma reforma tributária nos impostos progressivos, de modo que pague mais quem tem mais dinheiro, que pague menos quem tem menos e quem não tem não pague (impostos e taxas). Distribuir melhor o orçamento público, separando uma parte para subsidiar o transporte, ao invés de gastar dinheiro em propaganda, corrupção e obras que não atendem às reais necessidades da população. O passe livre estudantil já é realidade no Rio de Janeiro.

7. Sobre aumentos de tarifas

No Brasil, 35% da população que vive nas cidades grandes não tem dinheiro para pagar ônibus regularmente (IPEA, 2003). Muitas pessoas estão excluídas da educação porque não podem pagar o ônibus até a escola. Toda vez que aumenta a tarifa do ônibus, esta exclusão aumenta também. Ao mesmo tempo, é importante enfatizar que, mais que lutar contra o aumento da tarifa, lutamos contra a existência de uma tarifa. O sistema de Transporte precisa ser totalmente reestruturado, de modo que as tarifas não continuem aumentando, excluindo cada vez mais pessoas. O Transporte precisa ser visto como um direito essencial, não como uma mercadoria.

mpl-4

Queimando a catraca

[Uma explicação para os leitores portugueses: É impossível ler ou ouvir o quer que seja acerca do Movimento Passe Livre sem deparar com as catracas. O próprio símbolo do Movimento é uma catraca a ser destruída, e nas manifestações é comum incendiar uma catraca simbólica. Assim, o que é uma catraca? No Brasil os autocarros, chamados ônibus, são o principal meio de transporte tanto dentro das cidades como entre cidades. Nos autocarros urbanos, além do motorista, existe um cobrador que controla com os joelhos um torniquete colocado junto à porta de entrada. À medida que os passageiros passam pelo torniquete vão pagando ao cobrador o preço da viagem. Há quem rasteje por debaixo do torniquete, geralmente crianças que já passaram do limite da gratuitidade do transporte, e há jovens ousados que tentam pular o torniquete, provocando inevitavelmente conflitos. Este torniquete é a célebre catraca! Passa Palavra]

***

http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2005/10/334521.shtml

PDF do jornal impresso do Movimento Passe Livre, 2005 (lembrando que hoje não lutamos apenas pelo passe livre estudantil, mas pelo passe livre universal. Ver as resoluções do 3º Encontro Nacional do Movimento Passe Livre em http://www.mpl.org.br)

Canção para o Movimento Passe Livre:

Canção para o Movimento Passe Livre

Rodolfo Valente

A gente queria ir pro trabalho
mas hoje nem sei se vai dar
tem uma catraca bem no meio do caminho
e quem não paga não pode passar

A gente precisa cuidar da saúde
mas hoje vai ter que esperar
tem uma catraca bem no meio do caminho
e quem não paga não pode passar

A gente tem que ir e vir
o movimento não pode parar
se é público o transporte
com direito não se lucra

Passe livre já!

A gente precisa ir pra escola
mas hoje vai ter que faltar
tem uma catraca bem no meio do caminho
e quem não paga não pode passar

A gente também não é feito de ferro
e também quer passear
mas eis que a catraca aparece de novo
e quem não paga não pode passar

A gente tem que ir e vir
o movimento não pode parar
se é público o transporte
com direito não se lucra

Passe livre já!

Passe, passe, passe livre já!

Passe, passe, passe livre já!

Comentários

28 Comentários on "Conheça o Movimento Passe Livre (MPL)"

  1. Rodolfo em 28 de junho de 2009 15:39 

    realmente, ela era linda e eu a amava muito, mas não tinha dinheiro para visitá-la em seu bairro. Botaram uma catraca em nossos sentimentos.

  2. Rani Rocha em 1 de julho de 2009 17:29 

    Olá gente, espero que leiam, devido a greve de ônibus não estou podendo comparecer a noite, nem tão pouco participar pela internet, uma vez que não tenho computador. Então o que gostaria de saber é mais interno, sobre a greve e o aumento que o Dário está decretando, se está sendo discutido a respeito. Podem me responder por email?
    Obrigada!
    Se a greve acabar antes, o que acho difícil, eu apareço por ai.
    hasta la vitoria compañeros!

  3. gloria em 9 de janeiro de 2010 09:24 

    adorei!
    preciso conhecer os organizadores deste movimento no rio.
    por favor entrem em contato comigo.
    Quero fazer um filme mostrando como as pessoas sao tratadas ao pegar um onibus

  4. Jéssica Andressa em 8 de abril de 2010 16:21 

    Sou estudante e moradora da cidade de Mauá-SP e estou indignada com o absurdo que está acontecendo na minha cidade. Lá os estudantes não tem o direito que deveriam ter, o bilhete de estudante tem um horario especifico para funcionar, ou seja, quem estuda no periodo noturno e precisa ir para a faculdade no periodo da manhã para estudar, fazer trabalhos, entre outros motivos, não tem o direito a meia passagem e é obrigado a pagar a passagem inteira, e o pior de tudo é que não tem com quem reclamar e nenhuma alternativa de transporte pois em Mauá existe apenas uma empresa de ônibus, um monopolio, e a população fica de mão atadas.
    Peço para as pessoas que tambem estão passando por essa situação que se manifestem atraves desse site ou de outros para nos reunirmos e tentarmos reverter essa situação, peço para isso apoio do MPL, para nos dar mais voz nessa busca por nossos direitos.
    Meu e-mail para contato é: [email protected]

    Obrigada

  5. sarahficticio em 3 de junho de 2010 20:09 

    olá irmãos e irmãs……primeiramente quero dizer que este movimento é fantástico…..postei um video……..sobre as ações….ASSISTAM “RISCA VIDRO” NO YOU TUBE…É O PRIMEIRO QUE VAI APARECER…….SÃO PAULO, 3 DE JUNHO DE 2010….FORTE ABRAÇO E MUITA LUZ

  6. Giancarlo Sanguinetti em 27 de fevereiro de 2012 09:24 

    Ao ler este texto sugiram algumas dúvidas:
    1) O movimento só tira decisões via consenso? Isto não reduz a radicalidade do movimento, fazendo com que sempre seja levantada uma bandeira mínima?
    2) O MPL defende a estatização do sistema de tranporte público e a tarifa-zero, e nada diz sobre o controle dos trabalhadores e usuários, correto?
    Aguardo o esclarecimento das dúvidas.

  7. Legume em 28 de fevereiro de 2012 01:28 

    Giancarlo,
    Acho que estas dúvidas que você levanta podem ser resolvidas na carta de princípios do movimento que está aqui: http://mpl.org.br/node/1

  8. Matheus Guimarães em 8 de julho de 2012 00:16 

    Olá, eu faço parte da Direção do Grêmio Estudantil do Colégio Pedro II, unidade de Niterói, e gostaria de dizer que adorei o site e toda a história do Movimento Passe Livre. Também gostaria de comentar que adorei a canção feita pelo Rodolfo Valente, muito bacana mesmo! Estamos iniciando um movimento em Niterói, que temos convicção que se espalhará pelo Rio de Janeiro inteiro. Gostaria de saber se ainda hà vestígios do MPL aqui no Rio de Janeiro. Se sim, por favor, me passem o contato por email ou peço que entrem em contato comigo o mais rápido possível. Abraços Carinhosamente Libertários.

  9. Daniele Souza em 8 de junho de 2013 04:06 

    Boa noite. Gostaria de saber como faço para ingressar neste movimento, pois seremos uma nação vencedora se, ao invés de reclamar todos os dias e continuar se submetendo à esse sistema hipócrita, nos unirmos e irmos à luta.

    Aguardo contato.

    Obrigada.

  10. Legume em 8 de junho de 2013 12:47 

    Oi Daniele,
    Voce pode entrar em contato com o MPL pelo email passelivresp @ gmail.com

  11. Joel em 14 de junho de 2013 13:48 

    Parabéns povo paulistano!!!Chegou a hora de arrancar esses vermes do poder!!!!!

  12. jorge luis ribeiro em 15 de junho de 2013 10:42 

    A VOCÊS QUE LUTAM POR UM BRASIL MELHOR MEU AGRADECIMENTO.

    SAIBA QUE QUANDO DAVI LUTOU CONTRA GOLIAS,O POVO NÂO ACREDITOU

    ELE VENCEU.

    QUANDO MOISEIS CONDUZIL O POVO A ATRAVESSAR O MAR VERMELHO.O POVO NÃO ACREDITOU.

    ELE ATRAVESSOU.

    QUANDO ELIAS OROU PARA CHOVER,E APARECEU UMA PEQUENA NUVEM O POVO NÃO ACREDITOU.

    E CHOVEU.

    O POVO NUNCA TEVE NA HISTORIA A CERTEZA DA VITORIA MESMO SABENDO QUE
    O NOSSO DEUS TODO PODEROSO ESTAVA COM ELES.

    NÃO DESISTAM VOCÊS REPRESENTAM O POVO.

    COMPARTILHEM TODOS VOCÊS QUE ACREDITAM QUE PODEMOS JUNTOS MUDAR NOSSO PAIS.

  13. Sara Lopes em 15 de junho de 2013 14:08 

    TIREM SUAS CATRACAS DO CAMINHO QUE QUEREMOS PASSAR!!!!!!!!!!!

  14. DR. MARCOS WILSON FERREIRA MARTINS em 16 de junho de 2013 19:30 

    Sou advogado criminalista e gostaria de apoiá-los (apoio jurídico) na luta por uma tarifa justa, de um transporte público de péssima qualidade.
    Contatos (11) 965691650 / 4292-1008 / 4742-3803

    DR. MARCOS WILSON

  15. Edson Pinheiro em 17 de junho de 2013 13:39 

    Meus amigos, estou de pleno acordo com esse movimento .A propósito, gostaria de sugerir o que segue abaixo.Como fazer para que ESSA CAMBADA DE LADRÃO (o governo) Ouça essa melodia que fiz para eles?

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
    “Meus amigos. Cada dia que passa a gente vê que a coisa tá ficando cada vez mais preta pro lado do Brasil onde a PRESIDÊNNNTA DILMA e o PT tentam nos enganar, dizendo que a economia no país está muito bem. Pra você meu caro Face-amigo, está de fato tudo bem? Pra mim não.Veja: Se o povo está protestando usando o transporte público como pano de fundo é porque com certeza está coberto de razão, mais me parece que por traz disso o povo está na verdade descarregando dessa maneira toda sua insatisfação com relação a este governo em todos os aspectos. Como pode?
    FEIJÃO CUSTANDO O QUILO QUASE DEZ REAIS
    BATATA, A GENTE NEM PODE COMPRAR MAIS
    FRUTAS AH!!! COMO SÃO DOCES!!! MAIS ESTÃO DE AMARGAR!!!
    E CEBOLA ENTÃO, FAZ A GENTE CHORAR!!!
    Aí vem esse povinho querendo enganar a nação falando que a infração está sob controle. Pelo amor de Deus, parem com tanta mentira, digam a verdade. A verdade é que TORRARAM UMA MONTANHA DE DINHEIRO DOS COFRES PÚBLICOS, por tanto nosso dinheiro que tão bem poderia ser empregado a nosso favor, vocês não mediram esforços, e engordaram os bolsos daquelas empresa e empresários que contratastes para fazer os estádios para a Copa Do Mundo, estádios estes que pagastes a dois por um. Agora sim meus Face-amigos, ESTÁ NA HORA DE APROVEITARMOS ESTA EXCELENTE OPORTUNIDADE PARA EMPLACARMOS ESTA FAMOSA CANÇÃO PARA QUE ELES OUÇAM”.Edson Pinheiro.http://youtu.be/-PW3DL-Mv-Y

  16. ademilson soares em 18 de junho de 2013 19:47 

    quem gaha salario minimo trabalha 3 meses por ano so pra pagar onibos 6 dias por semana e nao sao poucos,e um cumulo,por essas pessoas eu apoio e vou a luta aqui em sorocaba s/p.

  17. maria elisa calo em 19 de junho de 2013 00:51 

    Amei a maneira com que vocês. protestaram, vocês estão tirando o nó de nossa garganta,por isso fiquei muito empolgada e queria fazer parte dessa caminhada.
    O próximo protesto gostaria que todos nós, boicotássemos os jogos da confederação Paulista, dando as esses políticos, o retorno do
    prejuízo que eles estão nos dando, pois se não formos aos jogos com certeza,eles não terão como engordar suas contas, nem aqui no Brasil, nem no paraíso fiscal.
    PARA FRENTE BRASIL AGORA QUE NÓS COMEÇAMOS VAMOS LUTAR ATÉ O FIM.
    FORTE ABRAÇO
    MARIA ELISA

  18. THEREZA em 20 de junho de 2013 01:01 

    NÃO PARA O VOTO OBRIGATÓRIO.
    REDUÇÃO DE 50% DOS SALÁRIOS DO POLÍTICOS (VEREADORES-PREFEITOS- GOVERNADORES – DEPUTADOS ESTADUAIS E FEDERAIS-DOS MINISTROS E DA PRESIDENCIA DA REPÚBLICA).
    AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO.

    ATÉ QUE ENFIM A POPULAÇÃO BRASILEIRA ACORDOU!…..
    OBRIGADO, MEU DEUS!….

  19. CORDELIA WATANABE em 25 de junho de 2013 03:12 

    Fique i muito feliz da vida com MPL,por que a muito tempo eu já queria tirar esse grito sufocante da minha garganta,precisamos continuar essa luta não só por nos pelo direito de muitas pssoas que ainda não conhece seus direitos,teremos que ter jovens como voces forte inteligentes e corjosos e que continue lutando e chamando o povo para uma nova democracia,tirando as catracas vamos poder tirar muito ferrugem que agridem esse torão brasileiro.Salve O MPL.Conte comigo um grande abraço pela vitoria do passe livre. CORDELIA ,22 DE JUNHO.

  20. Paulo em 25 de junho de 2013 14:17 

    Parabéns por tudo o que o coletivo vem fazendo. Uma curiosidade: Como são tomadas as decisões internamente? Como fazem para não caírem no assembleísmo? Como evitam a configuração de uma mesa ao passarem as propostas de ação?

  21. Pinheiro em 25 de junho de 2013 15:23 

    Apoio estes movimentos desde que não seja com quebra quebra.Sugiro que agora cobrem dos vereadores,deputados,senadores os seus altos salários, tbém o número elevado de assessores com certeza eles possuem mta gente mamando nas camaras não fazem nada.Outra a diminuição de vagas p. vereadores,deputados,senadores poderia ocorrer, porque tantos vereadores,dep. e senadores.Pode defender a coincidência das eleições porque eleições de dois em dois anos só gastos.Quanto a corrupção precisa banir os corruptos.Alcyone em 25 de junho de 2013 11.30

  22. Caio Cansado em 26 de junho de 2013 00:37 

    Meu bisavô já reclamava, desde jovem, das mamatas dos políticos brasileiros. Os políticos foram se renovando, incorporando em seus quadros até mesmo alguns daqueles que reclamavam, mas, as mamatas continuam.

    O movimento prega: “de modo que pague mais quem tem mais dinheiro, que pague menos quem tem menos e quem não tem não pague (impostos e taxas)”.

    Quem ‘tem mais’ não se locomove de ônibus e além disso, quem vai pagar este ‘transporte gratuito’ somos nós mesmos, através de mais impostos, preços de combustíveis mais altos, preço de alimentos mais altos, preço de …

    Você sabe o que significa pôr mil políticos na prisão?

    Acertou se respondeu que ‘é um bom começo’.

  23. Ailton Kurumim Abelha em 26 de junho de 2013 00:44 

    Ora bolas! para que comentar se os meus comentários ficam “em aprovação?”, porque abordo a verdade nua e crua?
    Repito esse movimento é bem vindo,mas por declarar-e não ser “antipartidário é suspeito”. Porque só um cego não vê que a causa de todas as desgraças dos povos foram e serão sempre os partidos políticos.
    Aprovo o movimento para uma inquisição nacional com a eliminação radical de todos partidos políticos. Sem isso e escrever no gêlo.
    Passem bem.
    O profeta Kurumim

  24. JOSÉ RINCOMOM em 26 de junho de 2013 02:06 

    DOU MEU APOIO AO MOVIMENTO,VOU PROTESTAR JUNTO SEMPRE QUE PRECISAR, POREM PRECISAMOS PROTESTAR POR OUTRAS COISA , E TENTAR DERRUBAR O CONTROLE DE VEICULO POIS SÓ SERVE P/ MALTRATAR A POPULAÇÃO E ENCHER O BOLÇO DE ALGUNS QUE ESTÃO NO PODER. PIOR DE TUDO EU VOTEI NELES ,VAMOS DAR UM BASTA NISSO. FAZER UM MOVIMENTO COMTRA O CONTROLAR.E OUTRAS ,

  25. antonio simonio em 28 de junho de 2013 15:36 

    estou acompanhando pelos telejornais a luto do povo brasileiro pelos seus direitos, o povo realmente acordou, não acredito que esses políticos que estão hoje no poder possa fazer algo de bom de direito pela população, nos temos que tirar esses corruptos das frentes das nossas decisões, pois só assim teremos nossos direitos garantidos.

  26. gerson em 17 de julho de 2013 18:56 

    parabens, é dos jovens que se espera a renovação. Não esmoreçam. A especialidade dessa gente é se fingir de morta até a onda passar. Essa luta tem que ser contínua e incansável. Há muito que mudar nesse pais, especialmente no Rio de Janeiro, berço apodrecido de um funcionalismo público inútil e altamente danosos aos interesses da cidade e do pais. Não se esqueçam dos cartórios dos DETRANS e suas absurdas vistorias que so servem para aborrecer o cidadão e engordar o caixa 2. Desculpem a verborragia. O que quero mesmo é dar os parabéns a brilhante conduta dessa juventude brasileira.

  27. Dario Sequeira em 19 de agosto de 2013 01:51 

    Andava triste em ver que os estudantes não estavam nem ai pros acontecimentos do pais.Agora estou mais confiante. Nada de Partido. Salve os estudantes deste pais.

  28. CORDELIA THIER S WATANABE em 2 de abril de 2014 14:59 

    Oi Pessoal,espero que estejam todos muito bem;estou enviando um abraço do meu tamanho.Quero saber como vocês estão vendo as manifestações contra á copa e militarismo já?