Socialismo de boteco

Socialismo de boteco

em 18 jun

Na sequência dos estupros coletivos que aterrorizaram a Índia, em 2013, surgiram na esquerda indiana algumas curiosas propostas. Amrapali Basumatary, por exemplo, defendeu em um texto (ver aqui) que houvesse uma subvenção massiva dos pubs do país para que todas as classes pudessem frequentar estes espaços e paquerar as pessoas. Tratar-se-ia de um “projeto emancipador”, na medida em que permitiria que os pobres mostrassem a cara nos pubs “de vez em quando, sem se sentirem pobres”. Amrapali afirma ainda que “a liberdade não está nem pode estar limitada à questão do orgulho e vergonha nacional e de classe”; unindo as classes em torno à luta contra os tabus associados à bebida, as contradições de classe terminariam sendo resolvidas, os homens e as mulheres pobres deixariam de se sentir rechaçados e agitados pelas desigualdades sociais, sexuais e econômicas, e isso levaria a uma redução dos bárbaros desejos de agredir sexualmente as mulheres que desfrutam de melhores condições de vida. Passa Palavra


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Passa Palavra


Copyleft © 2017 Passa Palavra

Atualizações RSS
ou Email