Resistências remuneradas

Resistências remuneradas

em 23 jul

Um pouco embriagados com o final do carnaval, a trabalhadora da saúde pública diz: “No meu trabalho eu me considero uma militante. Eu tô lá pra criar resistências. Meus colegas todos me adoram, eu dou uma raça para fazer um rolê diferente, disruptivo. Provavelmente acabem me mandando embora, mas aí não tem muito o que fazer.” Anônimo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Passa Palavra


Copyleft © 2017 Passa Palavra

Atualizações RSS
ou Email