Ao longo dos anos, o al-Shabaab, grupo terrorista atuante na África Oriental e que jurou lealdade à al-Qaeda, tem proibido músicas, cinema, antenas parabólicas e organizações humanitárias. Esta semana eles acrescentaram um novo item à sua lista de proibições: sacolas plásticas. Moradores das áreas controladas pelo grupo terrorista, que também opera fora da Somália, não poderão mais utilizar sacolas plásticas, em respeito ao meio ambiente. O anúncio — feito por um grupo mais conhecido por ataques suicidas que mataram e aleijaram milhares de pessoas — provocou uma enxurrada de memes zombeteiros na internet, alguns chamando o al-Shabaab de a primeira organização terrorista ecológica. Mohammed Abu Abdullah, governador do al-Shabaab na região de Jubalândia (Somália), disse que as sacolas plásticas “representam uma séria ameaça ao bem-estar de humanos e animais”. Rukmini Callimachi (tradução, edição e adaptação do Passa Palavra)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here