Flagrantes Delitos

Início Flagrantes Delitos
Flagrantes Delitos

Mãos ao alto!

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Alumínio (uma pequena cidade do interior de São Paulo) faz o gênero de personagem do velho oeste,...

Patriotismo

Em 1954 ele estava na terceira classe, ou seria em 1955 e na quarta? A professora falou sobre a dinastia espanhola dos Felipes, que...

Mudou Portugal

Candidatou-se a presidente da república com um programa em dois pontos únicos: mudar o hino nacional e tornar obrigatório o cumprimento da letra do...

Manifestação legítima

Há pouquíssimo tempo, uma novidade atrai a curiosidade dos frequentadores do centro do Rio de Janeiro. Vestindo uniformes e portando megafones, pequenos...

Revolucionário que bebe Coca-Cola (3)

Um finado professor de uma universidade pública brasileira afirmava ter sido incumbido de levar Che Guevara até a Bolívia. Como Che estava disfarçado, careca,...

Objetivos em comum

De um lado, o ministro da Transformação Digital da Ucrânia, Mykhailo Fedorov, exigia que redes sociais como Twitter, Instagram e Facebook fossem bloqueados na...

Das voltas que a vida dá (5)

Prestimoso, expedito, prodigiosa memória para nomes e pessoas, lealdade canina à organização e controle minucioso sobre tudo o que a ela dizia respeito, e...

Gaiolas de rua em Salvador da Bahia

As autoridades de segurança da Bahia costumam, por ocasião do carnaval, instalar delegacias móveis pela cidade de Salvador, onde a polícia prende suspeitos...

Escola I

O pedagogo precisou de uns poucos anos de trabalho naquela escola para entender que a opressão exercida por algumas professoras sobre algumas crianças tinha...

Todos os protocolos (6)

Entro em um supermercado, desses com lojas em seu interior. Puxo papo com um funcionário, sem máscara, que trabalha em uma dessas lojas: — Cara,...

Salazar, Guiné e porco no espeto – sem qualquer significado político

A maioria PSD-CDS do município de Santa Comba Dão, terra onde nasceu e está sepultado o ditador Salazar, cujo regime foi derrubado pela “revolução...

Cancelamento (6)

Num comunicado de paralisação de estagiários que circulava em grupos de WhatsApp lia-se: “Já estamos há mais de dois meses sem pagamento de nossas bolsas, e nossas dívidas não esperam! Não vamos trabalhar como escravos!” Foi o suficiente para ser alvo da censura dos alunos de um curso de ciências humanas: “Não se pode falar de escravidão dessa forma! Vocês não têm nem ideia do que os negros passaram neste país!”, alertava uma das pessoas que recebeu o comunicado. Passa Palavra