Glossário

Glossário de gíria e termos idiomáticos
do Brasil e de Portugal

A
adesivo (Br.): autocolante
almoxarifado (Br.): armazém, intendência
amassar (Br.): amachucar, amarrotar
andar à vara (um taxi) (Port.): correr as ruas à procura de clientes
apelido (Br.): alcunha
apelido (Port.): sobrenome
apostila (Br.): sebenta, manual de um curso
arapuca (Br.): armadilha, cilada
arranjar-se (Port.): arrumar-se
arrochar, arrocho (Br.): reduzir uma verba, um salário; redução salarial
ato (Br.): manifestação, concentração (além de acto)
à toa (Br.): por acaso, inutilmente, ociosamente
autocarro (Port.): ônibus

B
baculejo (Br.): revista pela polícia
baderna (Br.): desordem
bala (Br.): rebuçado (além de bala, claro)
baleiro (Br.): vendedor de rebuçados
bancar (Br.): pagar, financiar uma actividade; apoiar politicamente uma actividade
barganha (Br.): disputa, jogo de forças
bem arreado (Port.): bem vestido
bicha (Br.): maricas, paneleiro
bilhete de identidade (Port.): carteira de identidade, RG
blitz (Br.): operação stop
bobagem (Br.): parvoíce, palermice
bolar (Br.): imaginar, pensar
boleia (Port.): carona
Boletim de Ocorrência (B. O.) (Br.): participação oficial
bombar (Br.): fortalecer, criar músculos
bonde (Br.): carro eléctrico
boquete (Br.): broche, felação
brigadeiro (Br.): um tipo de bolo de chocolate
brucutu (Br.): burgesso, brutamontes
busão (Br.): autocarro (ônibus→bus→busão)
buzu (Br.): autocarro (ônibus→bus→buzu)

C
cadarço (Br.): atacadores
cadeirante (Br.): pessoa que usa cadeira de rodas
calçada (Br.): passeio
Câmara Municipal (Br.): assembleia de vereadores, órgão legislativo no município
Câmara Municipal (Port.): Prefeitura
camburão (Br.): carro celular
camelô (Br.): vendedor ambulante
câncer (Br.): cancro
cara (Br.): sujeito, gajo
cara de pau (Br.): lata, desplante
Carlitos (Br.): Charlot
carreata (Br.): cortejo em que os manifestantes vão em automóveis, buzinam, lançam panfletos, etc.
de carteirinha (Br.): fiel, convicto
catar (Port.): obter, conseguir
catraca (Br.): torniquete (é um termo recorrente nos artigos brasileiros sobre o aumento dos preços do transporte e a mobilidade urbana, porque o sistema de pagamento nos autocarros se processa mediante uma catraca que o passageiro empurra com a mão e o cobrador controla com o joelho)
catracaço (Br.): saltar colectivamente por cima das catracas, dos torniquetes
chapa (Br.): lista eleitoral
checar (Br.): verificar
chumbar (Port.): reprovar, levar bomba
chungas (Port.): ralé, bandidagem
colar de boa (Br.): dar-se bem com uma pessoa
comerciário (Br.): empregado de comércio
cômodo (Br.): divisão (de uma casa)
comunicação social (Port.): mídia
conversa de chacha (Port.): falar de futilidades e ninharias
copiógrafo (Port.): copiadora mecânica
coroa (Br.): pessoa que já não é nova e ainda não é velha
cortiço (Br.): aglomerado de habitações exíguas, como as ilhas no Porto
cospe-fogo (Br.): artista que lança chamas pela boca
coxinha (Br.): um tipo particular da chamada classe média, mas para perceber o termo pode ler-se, por exemplo,  aqui

D
dar dedo (Br.): fazer um gesto injurioso com o dedo
dar um olê (Br.): fintar
delegacia (Br.): esquadra
despedir (Port.): demitir
despoletar (Port.): provocar, desencadear (literalmente: tirar a espoleta)
DCE (Br.): Dirétorio Central dos Estudantes, corresponde às Associações de Estudantes
diretor (de um filme) (Br.): realizador
driblar (Br.): fintar

E
eléctrico (Port.): bonde
escracho (Br.): manifestação pública dirigida contra alguém, com vaias e insultos
especado (Port.): esperando de pé
esquadra (Port.): delegacia

F
fajuto (Br.): adulterado, falso
farnel (Port.): pequena refeição que se transporta, marmitex
fatinho (Port.): terno (em sentido depreciativo)
fato (Port.): terno
festa junina (Br.): festa dos Santos Populares
ficar na maior (Port.): ficar contente
folha (para um motorista de taxi) (Port.): mapa das corridas de taxi
fura-greves (Port.): pelego

G
gajo (Port.): fulano, cara
galera (Br.): malta
gambé (Br.): chui
garçom, garçonete (Br.): empregado, empregada de mesa
gari (Br.): lixeiro
giroflex (Br.): luz rotativa no tejadilho dos carros da polícia
grama (Br.): relva, relvado
grana (Br.): dinheiro, massa

I
Inteligência (polícia, exército) (Br.): informação e espionagem
ir pro beleléu (Br.): desaparecer, extinguir-se

J
jagunço (Br.): segurança armado, guarda-costas
jogar (Br.): arremessar
jogral (Br.): numa manifestação, é um discurso proferido por um manifestante e repetido em coro pelos demais participantes, de forma a que as frases proferidas sejam ouvidas por todos
juiz (Br.): árbitro

L
lixar-se, que se lixe (Port.): prejudicar-se, que se dane
lotação (Br.): autocarro
lotar (Br.): encher

M
macacão (Br.): fato macaco
machete (Port.): facão
machucar (Br.): aleijar
malaco (Br.): espertalhão
manjado (Br.): muitíssimo conhecido, já visto
na marra (Br.): com muita luta
matar aulas, matar provas (Br.): faltar às aulas, faltar aos exames
meio-fio (Br.): fileira de pedras que limita o passeio e o separa da rua
miúdo (Port.): criança
moleque (Br.): criança, pessoa que não merece confiança
montar um baba (Br., Bahia): partida informal de futebol

O
ojeriza (Br.): aversão, hostilidade
ônibus (Br.): autocarro

P
P2 (Br.): polícia à paisana
(Port.): (serve para pontuar as frases, apenas em conversas informais, um pouco como o che dos gaúchos – derivado da sílaba tónica de “rapaz”)
papo (Br.): conversa
papo furado (Br.): falsidade, conversa fiada
passeata (Br.): manifestação
pauta (Br.): ordem de trabalhos, lista de reivindicações, programa
peão (Br.): trabalhador manual não qualificado
peão (Port.): pedestre
pedágio (Br.): portagem
pedestre (Br.): peão
pegar (um transporte) (Br.): tomar (um transporte)
pelego (Br.): fura greves; por extensão: reformista, conciliador
pequeno-almoço (Port.): café da manhã
perua (Br.): pequeno autocarro
picareta (Br.): pessoa sem escrúpulos, que faz de conta
pintado de fresco (Port.): pintado há pouco tempo, com a tinta ainda húmida (sim, brasileiros, em Portugal a palavra escreve-se com h)
pinto (Br.): pila (além do filho da galinha, claro)
pique (Br.): energia (de uma pessoa), dinamismo
pisotear (Br.): espezinhar
pistolagem (Br.): contratação e uso de pistoleiros
pistolão (Br.): uso de uma suposta autoridade, do tipo sabe com quem está a falar?
porta-fatos (Port.): espécie de mala flexível para guardar o terno sem o amassar
prefeito (Br.): presidente da Câmara
Prefeitura (Br.): Câmara Municipal
propina (Br.): suborno
propina (Port.): mensalidade paga à universidade
puxar um ato (Br.): convocar uma manifestação

Q
quadra (Br.): quarteirão
quebradas (Br.): bairros pobres e periféricos
quebra-quebra (Br.): depredações feitas colectivamente durante manifestações

R
rapariga (Port.): moça
recibo verde (Port.): impresso de cor verde, preenchido pelos profissionais independentes como comprovativo do pagamento de um serviço efectuado
reforma (Port.): aposentadoria
restauração (Port.): actividade económica que engloba restaurantes, cafés, cervejarias e outros estabelecimentos do mesmo tipo
RG (Br.): bilhete de identidade
rojão (Br.): foguete (por vezes os manifestantes lançam foguetes contra a polícia)
rolar (Br.): acontecer, ocorrer
rolê (Br.): passeio (dar um rolê: dar uma volta)
rolezeiro (Br.): aquele que realiza o rolê, o passeio
rusga (Br.): desentendimento, briga
rusga (Port.): revista pela polícia

S
sacolão (Br.): supermercado popular de legumes, verdura e frutas
salto (Port.): emigração (originariamente, na época do fascismo e das guerras coloniais, o termo aplicava-se à emigração clandestina, que implicava passar a fronteira a salto)
sebenta (Port.): manual de um curso universitário, apostila
sim-ou-sopas (Port.): decidido, afirmativo
sítio (Br.): pequena quinta nos arredores de uma cidade
sítio (Port.): local, lugar

T
tapa (Br.): bofetada
tarimbado (Br.): experiente, calejado
tela (Br.): écran
telemóvel (Port.): celular
tipo (Port.): cara, fulano
tirar (uma greve, uma pauta, etc.) (Br.): votar (uma greve, uma ordem de trabalhos, etc.)
tirar sarro (Br.): ridicularizar, gozar
tocar (Br.): estimular, provocar; conduzir, orientar
tomar pau (Br.): levar porrada
traíra (Br.): vira-casacas político
tranco (Br.): dificuldade, tarefa trabalhosa
transar (Br.): foder
traseiragem (Br. Salvador): fazer toda a viagem na parte traseira do autocarro, sem passar pela catraca, o torniquete
trem (Br.): comboio
três oitão (Br.): revólver de calibre 38
tucano (Br.): membro ou partidário do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira)

U
uma de fora (Br.): equipa que espera para enfrentar a equipa vencedora do jogo inicial
uspiano (Br.): literalmente, pessoa da Universidade de São Paulo, USP; mas no imaginário pretende designar a elite intelectual do Brasil e arredores
usuário (Br.): utente
utente (Port.): usuário

V
van (Br.): furgoneta, autocarro pequeno
varejo (Br.): venda a retalho
voltar de frosques (Port.): regressar de imediato

X
xará (Br.): pessoa com o mesmo nome próprio que outra
xingar (Br.): insultar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *