Por dois funcionários do Metrô

Funcionários da Liderança que trabalham nas bilheterias do Metrô de São Paulo denunciam que a empresa está fazendo descontos abusivos nos salários. Alguns perderam quase metade do salário. A empresa alega que os descontos se devem a prejuízos causados pelos funcionários, o “quebra de caixa”. No entanto, esse tipo de desconto é proibido por lei, exceto se ficar provado que o empregado agiu de má-fé. Por isso, é comum que quem trabalha movimentando dinheiro receba um adicional de quebra de caixa para cobrir eventuais prejuízos causados involuntariamente pelos funcionários. Bancários, caixas de supermercado e arrecadadores de pedágio, estão entre os profissionais que recebem esse tipo de gratificação. No metrô esse adicional também existe, mas apenas para os bilheteiros que não são terceirizados. Os metroviários recebem um adicional de quebra de caixa equivalente a 70 bilhetes, o que dá R$ 301,00 a mais no salário, além do adicional de risco de vida, de 15%, que os terceirizados também não recebem. Entretanto, com o avanço da terceirização das bilheterias, os funcionários do Metrô também deixam de receber esses adicionais – uma redução de quase 30% nos salários! Ou seja, tiram dinheiro dos trabalhadores – efetivos e terceirizados – para aumentar o lucro dos empresários.

Mas não é só nisto que a terceirização tem prejudicado os trabalhadores. Desde que a Liderança ganhou a concessão das bilheterias do Metrô, as denúncias de abusos contra os funcionários são recorrentes. Aproveitando as brechas abertas pela Reforma Trabalhista, a empresa contrata os empregados para jornadas de 6h diárias (30h/semana) para não pagar uma série de benefícios [1]. Assim, em vez de uma hora de almoço, eles tem direito a apenas 15 minutos de intervalo e recebem menos que um salário mínimo por mês (o salário base de um bilheteiro terceirizado está em R$ 906,00 atualmente). Por outro lado, esse tipo de jornada não permite que o funcionário faça horas extras, mas isso não tem sido respeitado pela empresa. É comum os terceirizados trabalharem 7h, 8h por dia, sem que recebam um centavo a mais por isso. Como não há controle de ponto, a Liderança deita e rola em cima dos empregados.

Apesar de os trabalhadores terceirizados estarem revoltados com a situação, alguns se sentem impotentes para exigir seus direitos. Daí a importância de contarem com o apoio dos trabalhadores efetivos. Foi graças a esse apoio que, em 2016, uma greve de terceirizadas da limpeza da USP (Universidade de São Paulo) terminou vitoriosa, obrigando a própria universidade a pagar os salários atrasados. Não se deve desmerecer também a força que os bilheteiros tem nas mãos. Também em 2016, funcionários terceirizados da bilheteria do Metrô de Recife cruzaram os braços, obrigando o Metrô a liberar os passageiros sem cobrar a tarifa. Além disso, é importante defender que todos os bilheteiros tenham salários e direitos iguais, com a incorporação dos terceirizados sem necessidade de concurso. Afinal, se trabalhamos igual, porque não temos os mesmos direitos?

Prestes a assumir o comando de todas as bilheterias do Metrô de São Paulo, uma mobilização dos trabalhadores da Liderança pode frustrar os planos de quem pretendia fazer fortuna terceirizando e precarizando nosso trabalho.

Nota

[1] “A justificativa para a Reforma acontecer é que ela flexibilizaria o mercado de trabalho, mas o que ela traz é a inegável precarização com desvantagens absurdas ao trabalhador. Na jornada a tempo parcial, é possível receber menos que o salário mínimo, que deveria atender a necessidades básicas. Os trabalhadores passam a viver com menos que o mínimo”, explica o procurador do Trabalho, Edno Moura.

A pedido dos autores essa publicação foi feita em conjunto com o portal Esquerda Diário.

27 COMENTÁRIOS

  1. Eu fui acusado de quebra de caixa de valor alto, sendo que todos os dias era realizado o fechamento de caixa junto com os Líderes, fui caluniado, difamado, muito triste quando você sabe que deu o melhor de si e acaba entrando em uma enrascada, sem ser culpado, só decepção, tristeza e revolta, sou honesto, justo e jamais cometeria algo semelhante a que eu fui acusado.

  2. É um LIXO DE EMPRESA, nunca trabalhei numa empresa tão ruim, eles pagam muito mal (R$906), quebras indevidos de caixa, supervisores péssimos, mal educados e então nem ai pros funcionários, RH péssimo eles não sabem trabalhar, não te dão assistencia, não sabem o que estão fazendo, 15 min. de almoço? Isso é NADA, é um descaso total, sem contar que quando você fica a mais do seu horário você simplesmente não ganha hora extra, ou seja, trabalha de graça pra eles. Uma vergonha #nãoatercerizacao

  3. Trabalha o mês inteiro e com apenas uma falta justificada você perde o vale alimentação de 102 reais.
    A 4 meses que recebo 780 de salário mensal,os funcionários não duram nem um mês,sempre tem gente chegando e saindo.

  4. Romilson Tiago, é triste mas a população, que é formada pela sua maioria de trabalhadores, está deixando esses políticos acabarem com todas as conquistas trabalhistas. Quando é que vomos acordar e lutar pelo que é mais importante para população, pois é do trabalho que retiramos saúde, educação, moradia e tudo que nossas famílias precisam para sobreviver já que o estado só nos cobra impostos e não nos dá retorno nenhum.

  5. Bom dia.
    No dia 19/02/2019, participei do processo seletivo para Atendente de Bilheteria (Na Liderança). Estava marcada para as 09:00, começou as 09:35, e não veio ninguém dá uma “satisfação”, ou seja, explicar o motivo do atraso. Como eu fui chamada pelo WhatsApp, mandei mensagem, relatando a demora. Recebi a mensagem dizendo que, estavam aguardando os demais candidatos. Depois de 05min apareceu a selecionadora. Independente do atraso dos possíveis candidatos, os que estavam presentes não podem ficar no prejuízo e descaso. Enfim, foi uma seleção de pessoas não de profissionais, ou seja, me senti discriminada desde o momento que falei da minha graduação, ocupação, curso, ou seja, fui desclassificada por possuir um pouco mais de instrução, não desmerecendo os demais candidatos, mas eu senti a rejeição no momento do “bate papo” com a selecionadora.

  6. TRABALHO NESSA EMPRESA AH UM ANO E MEIO NA BILHETEIRA DO METRÔ LINHA VERDE SOU ATENDENTE LÍDER DA MADRUGADA 23:30 a 5:30 FAÇO CONFERÊNCIA E GERO ARQUIVO UMA CARGA HORÁRIA DE 6:00H .QUANDO PRECISO FAÇO COBERTURA DE FALTAS ATENDENTES DAS 19:15 OU FAÇO ABERTURA DE BILHETERIA AS 04:40.POR FALTAS ATRASOS. GERANDO HORAS A MAIS E NÃO SÃO PAGAS. PARA GERAR O ARQUIVO O SISTEMA TEM QUE ESTA TUDO OK VENDAS LANÇADAS ETC.MUITOS ATENDENTES QUANDO INICIA NÃO TEM REGISTOS PARA FAZER LANÇAMENTO DA VENDA NO SISTEMA .TENHO VÁRIOS LANÇAMENTOS FEITO NO MEU REGISTRO ALGUNS CAIXA MENOR OUTROS MAIOR. SEMPRE QUE OCORRE ISSO É PASSADO PARA OS SUPERVISORES PARA QUE SEJA FEITA ESSA TROCA DE TITULARIDADE PARA QUE ESSA QUEBRA NÃO FICA NO MEU NOME POIS O METRÔ DESCONTA .NÃO SEI SE ESTÃO FAZENDO O CERTO SENDO QUE SOMOS ATENDENTES E NÃO OP.DE CAIXA (OBS).NÃO RECEBEMOS QUEBRA DE CAIXA.
    BOM PARA MINHA SURPRESA MÊS JANEIRO VEIO UM DESCONTO DE FEICHAMENTO DE BILHETERIA VALOR 183,22$ ESSE MÊS FEVEREIRO DESCONTO DE 179,00$
    JA FUI NA EMPRESA FALEI COM SR.EDUARDO SEM SUCESSO O MESMO PEDIU PARA SER FEITO O LEVANTAMENTO E POROVE QUE ESSAS QUEBRAS DE CAIXA NÃO SÃO MINHAS DE ALGUNS LANÇAMENTOS TENHO FOTOS FALTA ALGUNS QUE PRA CONSEGUIR SO NO METRÔ. JÁ PROCUREI UMA ADVOGADA FIZ OUVIDORIA NO METRÔ IREI AO MINISTÉRIO DO TRABALHO. MUITA INDIGNAÇÃO NUNCA PASSEI POR ISSO TÁ MUITO ESTRESSANTE ESTOU TOMANDO REMÉDIO ANTIDEPRESSIVO PRECISO MUITO DE AJUDA SO QUERO RECEBER O QUE É MEU .INFELIZMENTE EU NÃO SOU A ÚNICA VÍTIMA. E CADA UM COM HISTÓRIAS DIFERENTES .VALORES DE 500,00 800,00 ENTRE OUTROS E RETIRADO DO CAIXA DO ATENDENTE PARA ACERTO DO COFRE ( OBS) MUITO ROUBO NA BILHETEIRA FUNCIONÁRIO QUE ENTRA NA EMPRESA SO PARA ROUBAR. AGORA PESSOAS INOCENTES QUE TA ALI TODO SANTO DIA FAZENDO SEU TRABALHO DIGNO PASSANDO POR ESSA SITUAÇÃO. EU NÃO VOU PEDIR DEMISSÃO IREI ATRÁS DE JUSTIÇA DEUS VAI NOS DA FORÇAS TEM DIAS QUE ACHO QUE VOU INFARTAR DE TANTO ÓDIO NADA QUE UNS MINUTOS DE ORAÇÕES. DEUS NOSSO PAI PODEROSO NUNCA DESAMPARA UM FILHO.

    QUERO JUSTIÇA LIDERANÇA.

  7. A única solução de vcs empregados da Liderança seria uma greve total, não compareça ninguém para trabalhar.
    A população apoiará a greve.
    Não a terceirização do serviço público.

  8. Realmente oque fazem com os funcionários é revoltante desumano,alegam quebras de caixas que não existem descontos indevidos.
    E não tem ninguém pra dar informações dos tais descontos ,chega de impunidade de injustiças com quem realmente quer trabalhar de maneira honesta e justa .
    Empresa que é boa incentiva seus funcionários e não os desmotiva

  9. Eu trabalho na estação brigadeiro e estou cansado disso, todos os dias temos que trabalhar com o sorriso no rosto, e somos cobrados pelo profissionalismo, educação e etc.. quando na verdade estamos sendo humilhados por alguns usuários estúpidos, temos que nos virar nos 30 pra sempre trocar dinheiro com valores altos, carregador bilhete único e vender bilhete ao mesmo tempo, pra ganhar em torno de 700 reais, muitas vezes até com fome trabalhamos.. somos muito cobrados, não valorizados, e ofendido as vezes, além de descontados para no final recebermos uma mixaria

  10. A empresa é triste, vc pega ate uma depressão la dentro, a supervisora da linha amarela nao tem postura nenhuma, grita com os funcionarios , acusa a gente de roubar dinheiro dos malotes, a empresa pior ainda lança quebras inexistentes, e nao dao uma justificativa , nem uma posiçao , nao temos quebra de caixa, entao nao podem descontar os quebras aonde ja se viu
    Vou processar por varios motivos
    E se pessoas que trabalham nessa empresa ainda, digo a voces façam uma greve , nao abram as bilheterias , exigam seus direitos, só assim para que a empresa de ouvidos aos funcionarios, quando pesar no bolso deles ai eles entenderão.

  11. Realidade pura esta denuncia
    Além de não pagarem alguns feriados
    Atendentes serem maltratados pela falta de educação e grosseria de supetvisores:. Camila linha verde, Claudia linha verde e por alguns lideres : líder Carla, Daniela.
    Meu nome é Célio trabalho na linha verde e estou saindo da empresa pois não aguentei tudo isto.

  12. Venho por meio desta, apontar o despreparo dessa terceirizada Liderança, a começar pelos descontos abusivos que ela tem gerado no ordenado dos funcionários, são descontos inexistentes de procedência duvidosas, pois a mesma se negar em apresentar recibos. No mais, os assédios moral tecidos pela Supervisora mostra o quão despreparada ela é para atuar em equipe.

  13. Nesses últimos dois meses estão descontando valores absurdos , liga no RH eles finge demência , super grossos , a gente é contantimente humilhados , com esses “quebras que estamos pagando ” muitos não estão indo trabalhar daí trabalhamos por dois até por três ! Empresa desvaloriza o funcionário , trabalhamos por precisamos

  14. Vem ai meu relato estou a 5 meses de todos que conheci do mesmo tempo que eu foram todos mandados embora justa causa ai você se pergunta perai como assim todos roubaram ? algo esta errado você se sente em uma linha de abate igual um boi esperando sua hora todo mês aquela insegurança a qual você já ganha mal , você é humilhado e seus colegas de trabalho também como diz a matéria sim você se sente impotente mas uma ação conjunta aos lideres seria a melhor coisa a ser feita sim contra a empresa e todos que saem dessa empresa e ainda permanecem denunciar nem que seja de forma anonimamente ela para os meios de comunicação televisão etc !!! O trabalho não é ruim mas sim as formas a qual se é tratados os beneficio que quase não existem e descontos exorbitantes me diz quem vive com 788 reais? é comico para não se dizer trágico !! E ainda por cima muitos postos de funcionário trabalhando despreparados jogam o funcionário sem nem se quer saber oque fazer caso ocorra algo que não lhe foi ensinado fora funcionários trabalhando sozinho em postos/cabines que tem que ser 2 funcionários pois não há rendimento e muito menos segurança pois o fluxo de dinheiro as vezes é muito grande e ai amigos como proceder?!! espero que chegue essas noticias aos meios de comunicação principalmente aos usuários pois muitas vezes acham que estamos gozando deles e ganhamos horrores !! grato
    de um funcionário já cansado que tenta fazer seu melhor todos os dias

  15. Está nítido em todos os comentários que li, que há algo grave acontecendo nesta empresa. NÃO TENHAM DÚVIDAS O DINHEIRO É ROUBADO PELOS SUPERVISORES e culpam os atendentes por que a demanda de pessoal é alta então demitem com o apoio dessa legislação terceirizadas que além s roubar os direitos trabalhista roubam a saúde de vcs. NÃO SE SUJEITEM MAIS ENTREM COM MANDATO DE SEGURANÇA PARA INVESTIGAR OS SUPERVISORES. Mas precisam se organizar e fazer coletivo. Deus abençoe vcs.

  16. Pessoal, unam-se, recolham as provas e busquem seus direitos. E inconcebível este tipo de postura da empresa, e o metro por sua vez, deveria intervir. Quanto descaso pelo ser humano!!!!

  17. Denunciem no ministério do trabalho

    A prefeitura de Jarinu também faz a mesma coisa com terceirizados, concursados, através de seus comissionados e foram denunciados.

  18. Eu também fui mandada embora por causas de quebrar de Caixa .foi descontado 4.778.00 reais não recebi nada tou revoltada

  19. Empresa lixo sai de la depois de um ano,ainda por cima na última semana fiquei suspenso por 3 dias por conta que fui votar e cheguei atrasado e ainda avisei pra menina que é fiscal de la,eles queriam que eu fosse mandado embora por justa causa de qualquer jeito,ainda tem uma supervisora ai que sempre fica caçando assunto,e ainda fica culpando os funcionários que trabalha lá,fica inventando coisas que não existe,ainda sai de la achando que ia receber minhas férias,mais o único dinheiro que recebi foi 35 reais sendo que era pra ser mais,ainda falam que é quebra de caixa,sendo que nem trabalhamos com caixa somos atendentes não caixas,empresa horrivel,já chorei por conta dessa supervisora que deixa numa estação pra pessoa pedir as contas,preciso nem dizer essa supervisora ela não sabe ser profissional

  20. Supervisora Edith e a prova maltrata mal os funcionários,e ainda faz os funcionários ficar varrendo a bilheteria,sendo que não somos pago pra isso vergonha,tem a líder daniela tmb que não sabe se líder,tudo que fazíamos lá na bilheteria ela contava até se o copo que caia ela contava pra Edith….

  21. Edith Supervisora da linha amarela,disse que era frescura a gravidez da menina que trabalha lá….

  22. Se eu trabalhasse numa empresa que me pagasse no primeiro 5 dia útil do mês R$760,00..mandava a esmola de volta e com o seguinte recado para o dono,” Enfia onde você quiser porque vai te fazer falta”

  23. Empresa desonesta e desumana, mal administrada e sem nenhum profissional apto para gestão. Essa empresa está lucrando horrores nas costas dos seus funcionários simulando quebras de caixa que na realidade é falta de fiscalização interna. Ainda quando são demitidos suas rescisões são zeradas como se fossem todos ladroes que roubaram a empresa. Embolsam milhões nessa brincadeira. Como se não bastasse informam para o Metrô de maneira equivocada as pessoas que moveram processos contra eles para que não seja possível essas pessoas se recolocarem no mercado através de outras empresas concorrentes e por sua vez o Metrô acata também essa postura.
    A Liderança é uma empresa gerida por gente de má índole por isso “todos” os exs e atuais funcionários estão insatisfeitos, agora é a hora de se manifestar, não terá um único comentário aqui que defenda a empresa pq as Supervisoras trabalham insatisfeitas mais não tem coragem de se desligar.

  24. Tenho ctz que, alguns q estão reclamando aqui nos comentários, já postou em algum lugar ” terceiriza q melhora”. E pior, nunca pegaram um livro se quer pra estudar pra concurso público! Com ctz alguém aqui já fez isso, não digo todos…

  25. Na busca da reinvenção para sobreviverem no pós- imposto sindical obrigatório e já prevendo a aprovação da Reforma da Previdência – que pode futuramente adotar o regime de capitalização –, as centrais sindicais começam a avaliar maneiras de participar da gestão de fundos previdenciários.

    A ideia, explica o secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves, o Juruna, é usar como exemplo a experiência dos Estados Unidos e do Canadá onde, há várias décadas, os sindicatos participam ou têm controle de fundos de pensão.

    “A discussão ainda é embrionária e não fizemos ainda um debate mais profundo sobre como seria esse processo”, informa Juruna. Por enquanto, a base das discussões são artigos acadêmicos que tratam do tema e trocas de informações com entidades internacionais.

    Segundo um dos artigos em análise, dos 100 maiores fundos de pensão do Canadá, responsáveis por quase metade dos recursos dessas instituições, ao menos quatro são controlados por sindicatos. Em razão disso, o nível de sindicalização no país é elevado.

    Segundo Juruna, um importante passo para esse processo é unificar mais o movimento sindical criando, por exemplo, entidades que representem toda uma categoria, a exemplo do que também já ocorre nesses dois países e na Europa.

    O presidente da UGT, Ricardo Patah, fiz que a central também avalia essa possibilidade pois os trabalhadores “não podem deixar essa gestão apenas nas mãos dos grandes bancos”.

    A Força é uma das entidades que lançou recentemente essa discussão e Juruna diz querer envolver todas as centrais. A CUT informa que debate o tema.
    Notícias relacionadas

  26. Pior empresa que já trabalhei na minha vida,quem nunca teve o sonho de trabalhar no metrô, o serviço é bom,mais a empresa é um lixo,estragou todas as expectativas que todos tinham,acabou com nossos sonhos,pois dávamos o nosso melhor,mais isso não era o suficiente para eles,conheci muita gente boa lá, fiz amizades verdadeiras,com pessoas que davam o seu melhor,pra levar o pão de cada dia para casa.
    Trabalhei praticamente na linha verde inteira,comecei das 11:30h as 17:30h depois de 2 meses pedi pra mudar para o fechamento 19:15 as 01:15h,só que fiquei vários meses recebendo o salário diurno,porque eles não trocaram no escritório o meu horário, fiz uma troca casada com outro atendente, e não recebia adicional noturno, tinha que chegar antes do meu horário, sair depois, eles não pagavam nossas horas extras, e eramos obrigados a colocar na folha de ponto tudo certinho, só que era tudo mentira, só olhar na SSO com os metroviários que qualquer autoridade iria ver que nossos horários eram totalmente diferente do que nos obrigavam a colocar, mal podíamos comer, 15min não da nem pra respirar, eu era fixa de uma estação Trianon, mais cobria falta, e falta de contratação em outras estações mais que folguistas e estrategistas, meu salário nunca veio correto, descontos indevidos, até faltas que a pessoa nunca teve, não pagavam os feriados trabalhados, enfim eu tinha que brigar todo mês no escritório e mesmo assim tem coisas que nunca recebi, embolsaram.
    Os funcionários viviam doentes, por que as cabines da bilheteria era um lixão, nós tínhamos que limpar, até desinfetante eu trazia de casa, depois de falar várias vezes botaram uma vassoura velha lá e pá, sendo que não eramos pagos nem pra ser atendente direito, ainda tínhamos que limpar as cabines? Nem todos os funcionários faziam isso, a gente pegava a zona do turno anterior, mais se fazíamos não era por causa da empresa lixo, e sim por causa de nós que vivíamos doente naquele pó maldito. Algumas estações o metrô obrigou os auxiliares de limpeza terceirizado a limpar as cabines, mais nem todas eram assim,mais a obrigação era da liderança lixo não dos outros.
    Chorei bastante, fiquei em depressão, fiquei doente, até hoje estou colhendo as doenças que essa empresa me trouxe, e trouxe a milhares de funcionários. A tensão era só aliviada as pessoas que tinham ao nosso redor, era muito estressante, humilhante, daria pra mim escrever um livro aqui sobre esse lixo de empresa.
    O cúmulo do absurdo foi quando começaram a demitir em massa pessoas que trabalhavam duro, pessoas de boa índole que saíram da empresa tachadas de ladrões, de má funcionário, de quebra de caixa,entre outras coisas..
    Depois de um tempo virei líder das 17:30 as 23:30h e vi que a coisa tava mais feia que eu imaginava,e o meu estresse só aumentou, tinha um supervisor carrasco que só botava as pessoas pra baixo, fazia bulling, falava que ia jogar a gente nos trilhos do metrô, que eramos todos uns ratos, todos os b.os caia em cima das nossas cabeças, enquanto eles riam de nós, tinha outros dois supervisores,um até QQ UE me colocou como líder que eram um amor de pessoa,mais que não tinha voz na empresa, porque só o “malvadão”, o manda chuva que podia opinar, mandava em tudo e os bons não tinha poder de voz.
    Ficava nos espionando em câmeras, em vez de nos ajudar, dizia que não tínhamos amigos e que era pra sermos carrascos igual a ele com os atendentes, descartava pessoas como copo de plástico no carnaval,era o circo completo, ele era mal igual a empresa.
    Queria que eu desse advertência e suspensão aos atendentes,sem motivo,e eu ouvia horrores porque não queria acatar as idiotices e o abuso dele, não podíamos chegar atrasados, mais chegar antes da hora de trabalho e sair bem depois do nosso horário ai eramos obrigados,senão tchau…
    Começou a demitir funcionários um atrás do outro,sem repudiou nenhum,era o próprio advogado do diabo,ao ponto de não ter atendentes mais pra trabalhar em alguns horários, virou uma zona,os lideres tinha que chegar cedo e ir direto pras estações cobrir a falta de atendente,como assim minha gente? Dupla jornada? Eu ficava louca de raiva,chorava de depressão, eu sai de atendente pra ser líder, e tinha que ficar na bilheteria por falta de funcionários? Falta não, por excesso de demissões, fora que passávamos nervoso todos os dias por falta de materiais,o pouco que tinha tínhamos que dividir, entre os lideres para podermos repassar aos atendentes.
    Muitos amigos e amigas minhas pessoas que conheci, maravilhosas foram mandadas embora, eu me cansei desse lixo de empresa e pedi demissão, não queriam me mandar embora. Pedi demissão por mim, pela minha saúde, pelo meu emocional, os meus principios vem em primeiro lugar,e por todos aqueles que foram mandados embora injustamente, isso é só apenas um resumo pequeno do que passávamos lá,e que outras pessoas que não tive a oportunidade de conhecer ainda passam, e sinceramente desejo que essa empresa lixo feche e pague por todo mal que nos fizeram, para nunca mais fazer vítimas.

  27. E ainda apoiam a terceirização dos serviços públicos essenciais….. parabéns 👏👏👏👏👏👏👏👏

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here