Flagrantes Delitos

Início Flagrantes Delitos
Flagrantes Delitos

Primeiros passos

Um estudante universitário fica encantado com as teorias socialistas e pergunta a seu colega mais velho: — Por onde começo a ler para compreender o...

Presente na luta!

Dois colegas não se viam há muito, até que se reencontram em uma assembleia do movimento estudantil. — Lamentáveis os tempos que nos trazem aqui...

Grandes conquistas

Os avanços da diversidade nas democracias europeias são formidáveis. Em um curtíssimo intervalo puderam os italianos celebrar a primeira mulher — Giorgia Meloni —...

Ficar não é para todos

O novo primeiro-ministro britânico declarou há alguns meses, quando disputava o cargo com Liz Truss, que o Reino Unido precisa fazer decolar o plano...

Três táticas

Na França, há poucos meses, jovens praticavam Parkour e desligavam letreiros pelas madrugadas. Em 2013 foi anunciado um decreto que pedia que eles fossem...

Rosa dos Ventos

Kirill Stremousov é um personagem singular: ex-líder de uma ONG ecológica, foi viver com índios nos Estados Unidos, visitou Cuba e aderiu ao terceiro-mundismo,...

Questões de integridade

O ano de 2022 tem sido marcado por diversas homenagens a Abdias do Nascimento. Dois dos mais importantes museus do Brasil dedicaram-se a reunir...

Mundos paralelos

1º de novembro de 2022. Estou em três grupos de WhatsApp. Num deles estão debatendo se pedem intervenção militar ou intervenção federal, e a...

Lula por ele mesmo (2)

Em entrevista para o Flow Podcast, o ex-presidente e agora candidato à presidência, Luiz Inácio Lula da Silva, pede que não sejamos o Lula...

Para pensar

Liz Truss e seu então chanceler do Tesouro, Kwasi Kwarteng, apresentaram um programa económico do tipo que a esquerda denomina neoliberal: diminuição drástica dos impostos, sobretudo a empresas e pessoas com maiores rendimentos, e diminuição das despesas públicas. A reacção dos mercados? Perante o previsível agravamento do défice britânico, o endividamento externo tornou-se muito oneroso e a libra caiu muito relativamente ao dólar. O Banco de Inglaterra teve de intervir, Truss demitiu o chanceler e nomeou outro, Jeremy Hunt, que impôs um giro de 180º: os impostos iriam aumentar e o Estado continuaria intervindo quando necessário. A esquerda, que considera o neoliberalismo uma submissão estrita aos interesses do mercado, testemunhou os mercados precipitarem a queda de um programa neoliberal. Passa Palavra

O tempo das cerejas

Um professor de História dava aula sobre a Comuna de Paris. Chegou à porta um grupo de estudantes, pedindo para dar um recado: realizavam a eleição para a gestão do centro acadêmico. Recado dado, a aula prosseguiu normalmente até o fim. Mais tarde, nos corredores e no pátio, o professor passou pelo grupo, onde ouviu um acalorado debate conjuntural: “A chapa de vocês não tem gays. A nossa tem gay, lésbica, bi…” Cabisbaixo, ensimesmado, o professor seguiu seu caminho, sentindo-se mais obsoleto a cada passo enquanto cantava baixinho: “Mais il est bien court le temps des cerises…” Passa Palavra

Quase

Dia de eleições gerais no Brasil, dois colegas de trabalho comentavam sobre os primeiros resultados que chegavam do exterior. “Lula ganhou na Nova Zelândia!”; “Bolsonaro ganhou no Japão!”, etc. Até que um deles chega com a notícia: “Saiu o resultado da votação na Rússia! Lula ganhou!”. “Que alívio”, responde o outro, “por um momento pensei que você ia dizer que o Brasil tinha sido anexado à Rússia!”. Passa Palavra