Poesia para quê?

Poesia para quê?

em 7 mar

Defender expressões artísticas como um “modo de vida” de setores populares foi algo conservador; no mundo atual, hoje beira o elogio à miséria. Por Poeta em Buenos Aires

Poesia para quê? 1) Tarabukin e o produtivismo

O produtivismo expressou uma proposta ideológica e militante dentro do processo revolucionário russo, durante os anos quando este ainda estava aberto à criação de novas relações sociais. Por Poeta em Buenos Aires

Poesia para quê? 2) “Arte proletária”

No mundo atual, a defesa da “arte proletária” como um fim em si mesma beira o elogio à miséria e ao imobilismo, transvestido de ostentação e afirmatividade. Por Poeta em Buenos Aires

Poesia para quê? 3) A poesia

Enquanto a poesia não pode voltar a construir materialmente uma sociedade socialista e libertária, deve ajudar a construir uma cultura socialista ali onde ela é mais fértil. Por Poeta em Buenos Aires


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Passa Palavra


Copyleft © 2017 Passa Palavra

Atualizações RSS
ou Email