Mais pra menos (II)

Mais pra menos (II)

em 5 out

Perguntado sobre as condições de trabalho no Uber, o motorista relata que há 11 meses havia cerca de 9 mil prestadores de serviços em São Paulo. Atualmente, são 55 mil. Contou que antes a empresa presenteava com R$ 1.500,00 cada motorista que indicasse outro colega, quando faziam 20 corridas. Hoje ganham algo próximo de R$ 100,00 a cada 50 corridas. Ele pretende migrar para outro aplicativo para ter retido “apenas” 20% da corrida. Passa Palavra


Comentários 1

    • ulisses

      |

      out 12, 2016

      |

      SUPERSTIÇÃO proudhoniana: UBER$tituição

      Pós(?)-capitalismo: surreal subsunção da escravidão assalariada à distópica uberização (autoempreendedorização-sic) do trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Passa Palavra


Copyleft © 2017 Passa Palavra

Atualizações RSS
ou Email