COMUNICADO URGENTE:

REITORIA DA USP E GOVERNO SERRA MANDAM POLÍCIA CONTRA A GREVE DE TRABALHADORES

Desde a madrugada de hoje, 01 de junho, nós, trabalhadores da USP, estamos sofrendo mais um ato de repressão inadmissível. A universidade amanheceu completamente sitiada pela polícia. Em cada unidade da universidade há pelo menos uma viatura, e em frente ao prédio da reitoria há uma concentração de dezenas de policiais. Os policiais estão com uma atitude provocativa frente aos trabalhadores, arrancando as faixas dos grevistas, buscando abertamente causar incidentes. Isso se dá justamente após a reitoria, apoiada pelo governo do estado, ter suspendido as negociações com os trabalhadores de maneira completamente arbitrária.

Nós, trabalhadores da USP, estamos em greve desde o dia 5 de maio por aumento de salário, em defesa de 5 mil trabalhadores que tem seus postos de trabalho ameaçados, pelas demandas do hospital universitário, e outras pautas específicas, e pela reintegração de Claudionor Brandão, diretor do SINTUSP demitido. A demissão de Claudionor Brandão é produto da perseguição política aos trabalhadores e ao sindicato, protagonizada pela reitoria e pelo governo Serra. Trata-se de uma política marcada pela prática anti-sindical e anti-democrática que abre um gravíssimo precedente para todos os trabalhadores brasileiros. Não podemos permitir que os trabalhadores da USP e sua legítima mobilização em defesa da democracia na universidade sofram esta coerção policial.

Chamamos todos os meios de comunicação, ativistas dos direitos humanos, sindicatos, organizações políticas, estudantes e integrantes dos movimentos sociais a se unirem a nós e impedirem esta ofensiva, que é parte da escandalosa criminalização dos movimentos sociais, prática que tem se generalizado pelo país. Chamamos todos a enviarem moções de repúdio para a reitoria da USP, exigindo a retirada imediata dos efetivos policiais, e a se concentrarem na frente da reitoria, e cercar de solidariedade os trabalhadores da USP em greve há 27 dias.

Comando de Greve da USP

E-mail do SINTUSP para moções de apoio: [email protected] org.br

E-mail da reitoria da USP para envio de moções de repúdio: [email protected]

2 COMENTÁRIOS

  1. Serra:
    -demitiu 65 metroviários por causa duma greve.
    -demitiu o Brandão por causa do movimento de 2007.
    -jogou a PM contra estudantes antes, nas ocupações de reitoria
    – seu governo e sua prefeitura testa-de-ferro de são paulo multam em milhões os sindicatos que fazem passeatas de rua, alegando que “atrapalham o trânsito”
    – agora coloca a PM no campus de forma pior que em 2007
    – ressuscita o processo contra os 35 professores estaduais
    – controla a vida do consumidor através da nota fiscal paulista

    Conclusão: o que nos aguarda se esse sujeito vencer as eleições de 2010?

  2. E assim começa a fracassada campanha Serra 2010…

    Que pena, Serra não poderá vender a Petrobrás como queria hahah

    O PT tem enormes vantagens sobre o PSDB; e a extrema-esquerda não pode desconsiderar isso! O PSDB é o regresso do regresso!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here