Salve a [email protected] [email protected]!

ATENÇÃO: Queríamos registrar o seguinte.

Desenho feito pelo nosso parceiro Latuff, especialmente para as Mães de Maio
Desenho feito pelo nosso parceiro Latuff, especialmente para as Mães de Maio

Ontem enviamos um Aviso Geral a [email protected] “autoridades” ditas competentes sobre a situação que enfrentamos, nesse momento, na periferia da Baixada Santista. Apesar da urgÊncia da questão, nenhuma resposta até o momento. Mas que fique registrado nos autos da História e para toda a Sociedade o nosso recado:

Durante o mês de Maio de 2006, no estado de São Paulo, policiais e grupos paramilitares de extermínio ligados à PM promoveram um dos mais vergonhosos escândalos da história brasileira. Com destaque especial à Capital, a Guarulhos e às cidades da Baixada Santista (que proporcionalmente foram os locais com mais executados). Em uma cínica e mentirosa “onda de resposta” ao que se chamou na grande imprensa de “ataques do PCC”, foram assassinadas no mínimo 493 pessoas – que hoje constam entre mortas e desaparecidas. A imensa maioria delas – mais de 400 jovens pobres e negros – executados sumariamente. Sem dúvida, o episódio que ficou conhecido como Crimes de Maio foi o maior Massacre da história brasileira recente!

Ao longo dos anos de 2008 e 2009, a Baixada Santista foi a região do estado de São Paulo onde os homicídios mais cresceram, verdadeiras estatísticas de guerra!

Durante o mês de Abril de 2010 a Polícia Militar e grupos paramilitares de extermínio ligados a ela voltaram a atuar na Baixada Santista, no mesmo estado de São Paulo, executando sumariamente 27 pessoas num curto espaço de 10 dias. Informações apuradas pela própria Corregedoria da Polícia Militar de São Paulo atestaram que estes policiais e grupos de extermínio seriam ligados à máfia chamada OS NINJAS (vejam em anexo abaixo como eles agem), grupo de extermínio de policiais encapuzados auto-denominados “justiceiros” que têm atuado desde Maio de 2006 impunemente. Nas favelas e bairros periféricos da Baixada, àquela altura, corria abertamente o boato de que a lista completa daqueles Crimes de Abril seria de 51 pessoas. Uma lista que, felizmente, parou na metade graças aos gritos e às denúncias das Mães e Familiares que alertaram para o novo massacre em curso. As devidas investigações e punições, porém, mais uma vez não avançaram…

Agora, ao entrarmo no mês de Abril de 2011, um novo massacre vem sendo anunciado – e acaba de começar a ocorrer – na Baixada Santista. As Mães de Maio, familiares e amigos, já vínhamos alertando sobre o crescente clima de tensão sentido em nossos cotidiano nos últimos dias. Fizemos isto em uma reunião registrada em vídeo no Grupo Tortura Nunca Mais de São Paulo na semana passada, e esta denúncia foi reverberada pela companheira-presidente do GTNM-SP, Rose Nogueira, ontem (04/04), na entrega de seu título de Cidadã Paulistana na Câmara Municipal de SP.

Nesta mesma madrugada: dito e feito! Aquilo que prevíamos e denunciávamos está voltando a acontecer. Uma primeira chacina nesta madrugada matou, ao menos, 5 pessoas (entre adolescentes e senhores) no município de Praia Grande – conforme notícia abaixo. Há no entanto informações desencontradas de que seriam 10 o número de [email protected] desta noite, tendo alguns corpos sido ocultados. Isso tudo está acontecendo aqui-agora, na calada da noite, nos becos e vielas e palafitas aonde a Verdade da democracia come solta! Nós estamos apenas reportando aos Srs. e Sras. aquilo que vivemos cotidianamente.

Nós, Mães de Maio, insistimos que não estamos de brincadeira! E não vamos deixar também que se continue brincando com as vidas de nossas crianças, nossos adolescentes e jovens de nossas famílias moradoras de bairros periféricos e favelas! Esta foi mais uma noite que não conseguimos dormir, nenhuma de nós, por conta da tensão e da premonição de novas desgraças – tão anunciadas previamente por nós a todas as ditas autoridades competentes. E dito e feito! Dito, e NADA feito!

Rumo ao 5º aniversário dos Crimes de Maio de 2006, é preciso urgentemente dar muitos passos, concretos: superar novas barreiras simbólicas, políticas e jurídicas. Uma sociedade realmente democrática não se constrói sem encarar todo o seu Passado, sem assimilar toda sua Verdade Histórica. Sabemos que no Brasil há uma blindagem pesada feita pelas elites civis e militares para isto não acontecer. Entretanto, diante de todo este poder opressivo imposto pelo dinheiro, pelas mídias e pelas armas, nós não nos intimidamos! Os Senhores e Senhoras se intimidam?! Há Vontade Política para Encarar estas Verdades Recentes?!

A luta pelo Desarquivamento e pela Federalização das investigações dos Crimes de Maio insere-se nesta tradição de resistência [email protected] [email protected] que lutaram e lutam pela Memória, pela Verdade e por Justiça, em relação a todos massacres históricos. Ou não?! Ou os milhares de [email protected] dos dias de hoje têm menos valor que as centenas de [email protected] vítimas do terror da ditadura – a quem sempre temos sido solidárias?! Que democracia é esta na qual uns valem muito mais do que [email protected]?!

Sem uma apuração ampla, geral e irrestrita do Crimes de Maio de 2006 e dos Crimes de Abril de 2010 (grande parte deles provocada pelos mesmos grupos de extermínio), as tragédias de Abril de 2011, 2012, 2013, 2014… serão cada vez maiores! Estamos voltando a avisar com amplo testemunho de todos os Senhores e as Senhoras, em cópia aberta.

O tempo urge: e estamos cansadas de bravatas e falações! Elas apenas custam mais vidas! Queremos atitudes concretas, urgentemente! E que fique escuro: não adianta pedir o envio de mais dezenas e dezenas de viaturas para descerem a Serra, para a Baixada Santista, pois sabemos que isso só piora o Terror vivido por nós! Os Grupos de Extermínio são ligados à Polícia, isto está mais que provado. Só falta a Justiça se mexer.

Quantas vidas mais será necessário nós perdermos para que se ampliem investigações corretas, façam-se inquéritos decentes e apliquem-se as devidas punições aos responsáveis? Quantos anos mais teremos que esperar para ver um inquérito sequer sendo corretamente apurado, trazendo à tona a Verdade e punindo Justamente os Responsáveis? Dos cerca de 500 assassinatos de 12 a 20 de Maio de 2006 não temos um policial sequer devidamente julgado e punido até hoje, em plena “democracia”!

Exigimos, por favor, encaminhamentos concretos dos Senhores e das Senhoras, conforme as respectivas atribuições profissionais, políticas e humanas que a cada um compete. Que estes encaminhamentos sejam compartilhados abertamente aqui para esta mesma lista, para que [email protected] tenham ciência do procedimento de cada um diante destes Crimes contra a Humanidade.

[email protected] à Bagdad Santista!

Inconformadamente,

Mães de Maio da Baixada Santista

PS: escrevemos esta mensagem enquanto helicópteros da Polícia, neste exato momento, sobrevoam nossas casas, aqui, na periferia da Baixada Santista. É assim que é!

SÉRIE ESPECIAL SOBRE OS 4 ANOS DOS CRIMES DE MAIO (incluindo entrevista com membros dos Grupos de Extermínio):

http://www.slideshare.net/LuisNassif/crimes-de-maio-1

http://www.slideshare.net/LuisNassif/crimes-de-maio-2

http://www.slideshare.net/LuisNassif/crimes-de-maio-3

http://www.slideshare.net/LuisNassif/crimes-de-maio-4

MATÉRIA D’A TRIBUNA ON-LINE DESTA MANHÃ:

http://www.atribuna.com.br/noticias.asp?idnoticia=87224&idDepartamento=11&idCategoria=0

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here