#ff0000;">Terça é dia de luta no Assentamento Milton Santos

 
 
Nesta terça-feira (30/10) pela manhã ocorrerá uma atividade importante no Assentamento Milton Santos, em Americana-SP. Representantes do gabinete da Presidência da República em Brasília farão uma visita a área em nome da Presidenta Dilma Rousseff e trarão novos encaminhamentos sobre a pauta da desapropriação por interesse social, única medida que resguarda a posse da terra por parte dos trabalhadores e trabalhadoras.

 
 
Esta visita resultou de uma intensa mobilização que não pode arrefecer agora. A primeira atividade foi no começo do mês, uma plenária onde o superintendente do INCRA comprometeu-se em garantir a permanência dos assentados e assentadas na área. No dia 19/10, uma sexta-feira, comissão de moradores e apoiadores do assentamento reuniu-se com o candidato a prefeitura de Campinas, Marcio Pochmann, que se comprometeu a destinar um documento e explicitar a pauta a presidenta, que viria a cidade no dia posterior para comício. No sábado, um grupo de militantes realizou protesto neste mesmo evento eleitoral. Na última semana, uma nova reunião aconteceu no escritório da presidência da república em São Paulo, após manifestação conjunta com o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST).
 
 
Em todas as ocasiões foi dito que o problema seria resolvido, mas ainda não houve um ato definitivo que colocasse fim a tensão vivida pelas famílias assentadas nos últimos meses. O roteiro é muito parecido a maioria dos casos envolvidos na onda de despejos acentuada nos últimos dois anos, cujo exemplo mais notório é do bairro Pinheirinho, em São José dos Campos. Ao mesmo tempo em que o governo acena com um desfecho positivo, as forças policiais de Americana e funcionários da Usina Ester prometem a retirada das famílias para breve.
 
 
Por esse motivo a coordenação do assentamento está convocando todos e todas que se sensibilizam com a questão da reforma agrária, da moradia, e do povo que anseia por um digno pedaço de terra para viver e trabalhar. Aqueles que conhecem o Milton Santos, aqueles que nunca tiveram oportunidade de ir a área, aqueles que estão acompanhando a situação por outros meios torcendo pela vitória. É uma trincheira importante de luta, também em apoio a outras situações de despejo tão ou mais dramáticas quanto (entre elas a dos Guarani-Kaiwoá, que compartilharam com o Milton Santos a caneta do mesmo juiz, Luiz Stefanini).
 
 
A visita dos representantes da presidenta Dilma seguirá, pela parte da tarde, à Flaskô, em Sumaré, que tem feito a mesma demanda de desapropriação por interesse social. Convidamos a todos a continuarem o percurso em apoio aos companheiros da fábrica ocupada!
 
Reforçando:
 
Terça-feira (30/10), a partir das 08h30, no Assentamento Milton Santos – Americana-SP
Visita do Gabinete da Presidência da República em Brasília à área do Milton Santos.

Para mais informações: 

Para declarar apoio pessoal ou de organização e adesão ao manifesto envie email para [email protected]gmail.com
 
As atualizações das informações sobre a Campanha em Defesa do Assentamento podem ser acessadas em no site: www.assentamentomiltonsantos.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here