Membros da aldeia Tenondé-Porã, junto com os krukutus, estão em luta para retomar uma área abandonada que lhes pertenciam há algumas décadas, localizada no extremo sul de São Paulo. No dia 16 de outubro eles ocuparam essa área, e alguns dias depois foram disparados tiros contra o acampamento, as barracas foram destruídas e as ferramentas jogadas num rio que cruza o terreno.

Diante disso, ao invés de desistir, os guaranis reforçaram a presença na área, e intensificaram a luta. Todo apoio à retomada das terras indígenas! Vida longa à Tekoa Eukalipto! Todo Poder ao Povo!

Assista abaixo um vídeo com depoimentos dos ocupantes:

Rede de Comunidades do Extremo Sul de São Paulo-SP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here