Post-scriptum: contra a ecologia

Post-scriptum: contra a ecologia

em 30 ago

Série de oito artigos sobre os limites de um discurso ecológico emancipatório. Artigos de João Bernardo

Post-scriptum: contra a ecologia. 1) a raiz de um debate

Gostaria de dizer ainda algumas coisas sobre a ecologia, e outras gostaria de dizê-las de novo. É o que farei nesta série de oito artigos. Por João Bernardo

Post-scriptum: contra a ecologia. 2) o lugar-comum dos nossos dias

Conjugando o duplo processo de difusão pelos doutrinadores e de apropriação pelas massas, a ecologia converteu-se no principal lugar-comum dos nossos dias. Por João Bernardo

Post-scriptum: contra a ecologia. 3) a hostilidade à civilização urbana

Desejar uma construção do socialismo com base na negação da civilização urbana e da sociedade industrial é desejar a barbárie. Por João Bernardo

Post-scriptum: contra a ecologia. 4) a agroecologia e a mais-valia absoluta

A ecologia preocupa-se com os alegados danos que a industrialização da agricultura possa provocar na natureza e com o bem-estar dos animais, mas é indiferente à sobreexploração no quadro familiar. Por João Bernardo

Post-scriptum: contra a ecologia. 5) Georgescu-Roegen e o decrescimento económico

Se admitirmos a formulação de Boltzmann para a segunda lei da termodinâmica, cai o pressuposto das limitações naturais ao crescimento económico. Por João Bernardo

Post-scriptum: contra a ecologia. 6) Malthus, teórico do crescimento económico

Malthus merecia melhor sorte. Por João Bernardo

Post-scriptum: contra a ecologia. 7) «Os Limites do Crescimento» ou crescimento sem limites?

O Clube de Roma quis impor à sociedade o mesmo sistema que resultaria se perdêssemos a capacidade de inovação, que é tudo o que nos separa dos formigueiros e das colmeias. Por João Bernardo

Post-scriptum: contra a ecologia. 8) oportunidades de investimento e agravamento da exploração

Com a ecologia os capitalistas jogam nos dois tabuleiros, suscitando a multiplicação de investimentos e pressionando à mais-valia absoluta quando e onde lhes convém. Por João Bernardo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Passa Palavra


Copyleft © 2017 Passa Palavra

Atualizações RSS
ou Email