DOSSIÊ: Fora do Eixo

Aqui estão reunidos todos os artigos já publicados sobre a empresa Fora do Eixo. Por Passa Palavra

A esquerda fora do eixo

As últimas mobilizações em São Paulo demonstram a fragilidade prática e teórica da esquerda num cenário de ascensão e transformação econômica. Por Passa Palavra

Domingo na Marcha

As ideias, de facto, não voltaram a ser perigosas — como se escrevia nos muros de 68 — mas transformaram-se na matéria-prima da nova etapa do capitalismoPor Passa Palavra

A Marcha posta a trabalhar

Certamente não há nada de novidade em se usar um discurso ou teoria anticapitalista para fundamentar numa ‘razão revolucionária’ práticas de pretensas burocracias e gestores. Por Leo Vinicius

O pós-rancor e o velho Estado: uma crítica amorosa à política do Fora do Eixo

É fácil perder-se diante de um emaranhado de conceitos desconexos que, através de retórica apocalíptica, almeja integração orgânica ao sistema, estabelecida a partir de um consenso de amplas bases no campo da produção cultural. Por Regis Argüelles

Existe consenso em SP? Reflexões sobre a questão da cultura

Os novos empreendimentos culturais em São Paulo atuam em simbiose com as obras dos velhos agentes do capital imobiliário, conferindo uma roupagem colorida a um processo que é segregador e violentoPor Passa Palavra

Comentando o “Existe consenso em SP?”

O fato de membros de uma organização não fazerem uso individual das estruturas que compõem a organização não assegura em nada o seu caráter não capitalistaPor Passa Palavra

Versão original de um glossário que o Fora do Eixo alterou

Publicamos aqui na íntegra a versão original de um texto que o Fora do Eixo fez desaparecer e depois alterouPor Passa Palavra

Mais um relato: quais os problemas do Fora do Eixo?

No Fora do Eixo a imagem é mais importante. É mais importante parecer do que ser de fato. Por um Anônimo

Acabou a magia: uma intervenção sobre o Fora do Eixo e a mídia NINJA

O empreendimento midiático dos Ninjas nem de longe deve ser compreendido como continuador dos anseios que permeavam e continuam permeando os fazedores de mídia livre ou independente, mas como a própria deturpação dos princípios que nortearam aqueles anseiosPor Passa Palavra

Da primavera ao inverno

A insurreição twittada e a revolução 2.0 são tão pouco seguras como todas as outras o foramPor Passa Palavra

Charada

Onde estava a teórica e entusiasta do coletivo Fora do Eixo, Ivana Bentes, na manhã do dia 12 de Abril de 2011? Por Passa Palavra

República Fora do Eixo: estratégia de apropriação dos movimentos autônomos

Documentos revelam as intenções por trás da “República Autônoma” proposta pela Fora do Eixo. Por Passa Palavra

Oximity e NINJA: quando ‘mídia independente’ vira negócio

Plataforma de mídia digital fundada por ex-banqueiro de Wall Street, Oximity, parceiro da NINJA, conta com investidores bilionários e visa gerar receita através do trabalho voluntário de escritores e coletivos independentes. Por Cui & Bonno

6 respostas para “DOSSIÊ: Fora do Eixo”

  1. Recebemos de um leitor uma mensagem que nos parece importante todos conhecerem.
    Esse leitor enviou-nos um link para uma reportagem do G1 que inclui um vídeo e comentou:

    «Bem, bom observador que sou… Notem quem, aos cinco minutos [na verdade, 4.59 – 5.01] da reportagem aqui do link, aparece por acaso, saindo junto com o Secretário Geral da Presidência, o Sr. Ministro Gilberto Carvalho. A pergunta que faço, um tanto quanto ingenuamente, é: qual seria a pauta da reunião onde um executivo do alto escalão está também em reunião para tratar de assuntos presidenciais com um fomentador de organização midiática, e ainda quando este mesmo executivo foi destacado para responder sobre uma questão tão emblemática quanto a alteração de perfil na Wikipédia. Esse sujeito está sempre em sintonia com as pessoas que fazem o mal feito. É uma estranha coincidência! Fica o alerta.»

  2. eita, agora que eu vi que ocorreu um ato falho: o certo do post acima era “nenhum respeito pelo foradoeixo”. a ideia era informar que ocorreu esse evento com o doutor Gilberto, antes que fossem inventadas grandes explicações que serviriam como perda de credibilidade para o resto das milhões de críticas válidas.

    para o passapalavra ainda guardo uma cota grande de respeito, apesar de vez ou outra sentir por aqui o cheiro do autoritarismo. mas, enfim, somos humanos…

  3. FDE CALOTEIROS QUE USA. NOMES.DE LARANJA, deram calote no aluguel de todas as casas que tiveram na água na luz e no gás, Capilé tem que ir pra cadeia aproveitador da luta do povo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *