Desde 2012 é publicada a revista Relatos da Fábrica com reportagens sobre as condições e a luta dos trabalhadores no Delta do Rio das Pérolas (Zhujiang). O site Gong Chao SELECIONOU E TRADUZIU (para o inglês e para o espanhol) alguns desses relatos e agora o Passa Palavra apresenta-os em português.

#1 – Um dia

Trabalhar na fábrica me converteu num robô. Vivo uma existência mecânica. Quase todos os dias repito meu papel nas mesmas cenas. Por I love Cilantro

#2 – Falemos sobre a “Escassez de mão de obra”

A “escassez de mão de obra” não pode melhorar o trabalho e a vida dos trabalhadores, mas pode dar ao trabalhadores mais valor para sua luta. Esta é a razão pela qual temos visto uma série constante de greve nos últimos 10 anos na China. Por Da Wei Yi Pai 

#3 – Três Conflitos e uma Conversa

Logo depois desses enfrentamentos a líder da linha Z foi particularmente respeitosa comigo – pelo menos não gritou mais comigo, pelo contrário falava-me amavelmente. Por Zaozao

#4 – Prefácio da primeira edição

Apenas quando os trabalhadores compreenderem a totalidade real dessas circunstâncias poderão encontrar uma base para saída coletiva da situação atual. Por Longmenzhen

#5 – Refletir sobre vinte anos de trabalho nas fábricas de Shenzhen

Certa vez havia um chefe totalmente insuportável. Não via os trabalhadores como seres humanos, e fazia apenas o que queria. No fim foi atacado com facas. Por Hao Ren

#6 – No dormitório

Às vezes alguém começa a discutir e a conversa esquenta, mas somente pelo tempo de fumar um cigarro. Por Bujie

# 7 – Escassez de mão de obra e demissões

É assim que uma “escassez de mão de obra” e demissões apareceram milagrosamente dentro de uma mesma fábrica. Por Wang Xiaolin

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here